24 janeiro 2013

Anjo mecânico – Cassandra Clare


Anjo Mecânico

Título: Anjo mecânico
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record


Sinopse:
Anjo mecânico apresenta o mundo que deu origem à série Os Instrumentos Mortais, sucesso de Cassandra Clare. Nesse primeiro volume, que se passa na Londres vitoriana, a protagonista Tessa Gray conhece o mundo dos Caçadores de Sombras quando precisa se mudar de Nova York para a Inglaterra depois da morte da tia. Quando chega para encontrar o irmão Nathaniel, seu único parente vivo, ela descobrirá que é dona de um poder que é capaz de despertar uma guerra mortal entre os Nephilim e as máquinas do Magistrado, o novo comandante das forças do submundo.


-
Anjo mecânico é o primeiro livro da série “As peças infernais” da Cassandra Clare, é ambientado no século XIX e apresenta o mundo dos Caçadores de sombras e criaturas do submundo antes da série “Os instrumentos mortais”. Conta a história de Theresa Gray, uma americana de 16 anos, que vai para Londres, a convite de seu irmão Nathaniel, depois que sua tia morre. Acreditando ser uma garota normal, Tessa, ao desembarcar em Londres, é abordada por duas criaturas, as Irmãs Sombrias, que dizem vir em nome de seu irmão.

As duas mulheres, porém, mantêm Tessa presa dentro de uma casa e a ensinam a usar seu dom, sempre a chantageando ao dizer que seu irmão Nathaniel sofreria caso ela não colaborasse com o treinamento. Esse treinamento ocorre para que, um dia, o Magistrado possa se casar com ela e possa usar o dom da mesma para seus planos. Quando Tessa descobre que irá se casar com um homem intitulado Magistrado, ela se desespera e tenta fugir. Infelizmente, ela não obtém êxito na fuga e é pega. Já trancada no quarto, depois de sua tentativa de fuga, um Caçador de sombras entra e a resgata. A partir disso, Tessa se vê em um mundo do qual não sabia a existência e no meio de uma guerra entre Nephilins e máquinas do Magistrado.

Como primeiro livro de uma série, Anjo mecânico é bem introdutório e, infelizmente, ao contrário do que eu pensava, não tem tantos personagens da série Os instrumentos mortais, só tem o incrível Magnus Bane e a vampira Camille Belcourt. No início, por estar esperando os já conhecidos personagens da outra série, eu demorei um pouco para engatar a leitura. Porém depois da introdução e quando a história realmente começou, eu devorei o livro.

A Cassanda tem o poder sobrentural de me fazer gostar dos “galãs” dos livros dela. Primeiro foi o Jace e agora tem o Wil, caçador de sombras com olhos azuis penetrantes, cabelo preto, alto e de personalidade forte. Ele e Tessa começam a ter uma história no livro, mas nada muito conclusivo porque Will esconde algum segredo e por isso não se deixa relacionar-se com a Tessa. Ainda tem o Jem, que também é caçador de sombras, mas é o contrário do Will, é gentil, compreensivo e tem uma “doença”.

A escrita da Cassandra evoluiu muito, desde cidade dos ossos e a contrução da história mostrou isso, ela não somente desenvolveu a vida dos “protagonistas”, mas também desenvolveu maravilhosamente a dos personagens secundários. Sinceramente, eu não gostei da Tessa, achei ela muito chata e eu prefiro, com certeza absoluta, a Clary, mas tudo bem.

Como sempre acontece com os livros da Cassandra, o livro termina me deixando sem fôlego e com várias lacunas que ainda devem ser preenchidas, ou seja, ela ainda tem muito pano pra manga pros próximos volumes da série. O livro em si vale muito a pena, a história, o universo dos Nephilin e criaturas do submundo, a presença de sobrenomes já conhecidos anteriormente de Os instrumentos mortais, recomendo inteiramente e estou esperando, ansiosamente, pelos próximos volumes.
Beijos!

2 comentários:

  1. Nunca havia ouvido falar desse livro!
    Parece interessante =)
    Vou adicionar à minha listinha do Skoob e, assim que tiver um tempo, darei uma atenção a ele!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Nunca tinha ouvido falar, e apesar de nao gostar de fantasia, eu lereia um livro assim!

    ResponderExcluir